REVOGADA A UTILIZAÇÃO DO TERMO “BACHAREL EM MEDICINA”

No Brasil, médico sempre foi chamado de médico, desde que a primeira faculdade de medicina foi fundada no Rio de Janeiro, no bairro da Urca.

A partir de 2010, após interpretações de Resoluções do Conselho Nacional de Educação, algumas Universidades passaram a emitir diplomas com o título “Bacharel em Medicina” em lugar de “Médico”, o que foi motivo de protesto de alguns CRMs que se recusaram a registrar tais diplomas.

Muitos profissionais passaram ainda a ter dificuldades de serem aceitos em cursos de especialização no exterior, isso porque, alguns programas de intercâmbio “exigem” que os diplomas denominem os formados em medicina como “médicos”.

Em 13 de abril de 2016, foi publicada no Diário Oficial da União a Lei 13.270, aprovada no Senado Federal que proíbe o uso do termo “bacharel em medicina” em diplomas de médicos colocando um ponto final nessa questão.

AMB – Maranhão

#ambmaranhão #revogadobacharelemmedicina#médico #saúdemaranhão

Compartilhar em: